sexta-feira, 26 de julho de 2013

Minha campanha do agasalho

Estava quase congelando.

Minhas mãos estavam brancas, e as pernas tremiam com o frio cortante. Não conseguia mexer sequer um músculo do corpo. Nem as blusas, meias e luvas estavam dando conta do recado. A temperatura fina, gelada e violenta transpassava a trama do meu pesado sobretudo de lã.

Senti meu coração bombeando sangue lentamente. Tentei gritar, a voz não respondia. O aperto no peito foi ficando pior. Bati diversas vezes na porta de alumínio pesada. Esforços em vão.

O sequestrador abriu a porta do frigorífico.

- Faça o que quiser de mim, mas me tire daqui, eu imploro.

Meu pedido foi atendido. Desacordei enquanto ele fatiava o décimo bife de meu corpo.

Por: Bispo F.

QUER GANHAR UM EXEMPLAR DE "AS MELHORES HISTÓRIAS DO CORROSIVO COLETIVO"? CLIQUE AQUI E SAIBA COMO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário