quarta-feira, 23 de março de 2011

Chevete 77 – Um testemunho


3 comentários:

  1. Esse blog é mto foda!!!!! Parabéns aí galera!!!

    ResponderExcluir
  2. Vou mandar uma bruxaria pesada pra voce se fuder e parar de falar de mim, Coronel!! Ahh vou!!! Desgraçado...

    Ze

    ResponderExcluir
  3. Caro Ze,

    Você que se dizia meu amigo, pagava pinga pra mim no bar do Bilota e batia nas minhas costas. Você que em toda Santatem me chamou de irmão...

    Depois de me chamar para aquela bistuta de trocar as telhas da chopana em seu rancho, me prometendo R$ 800,00 no serviço, sumiu do mapa. Aprende a ser homem e pagar o que deve!

    Enquanto não quitar seus debitos para comigo, seu afamado "irmão em Santarem", continuarei a contar as histórias que bebado me contaste no balcão do Bistuta e do bar do Dito Chumbo. Tenho dito.

    Ps.: Sou pedreiro, mas sou letrado!
    Coronel Malaquias

    ResponderExcluir